DIREITO À LIBERDADE DE LOCOMOÇÃO E DIREITO À SAÚDE: UM CONFLITO GERADO PELA PANDEMIA DE COVID-19

Ana Júlia Coelho FERRARO

Resumo


A pesquisa buscou esclarecer o motivo pelo qual o direito de ir e vir está sendo restringido durante a pandemia em face ao direito à saúde. O tema é bastante atual, tendo em vista que todos os países do mundo estão em busca de combater a COVID-19, e prezar pela vida de seus cidadãos. O trabalho utilizou o método dedutivo, que se apresentou através de pesquisas bibliográficas, e abordou o conflito entre os direitos fundamentais supramencionados utilizando as formas de interpretação constitucional para harmonizá-los, de acordo com o princípio da proporcionalidade, e realizar uma interpretação extensiva do artigo 5º, inciso XV. Por fim, concluiu-se que o direito à saúde e o direito à vida devem ser sobrepostos ao direito à liberdade de locomoção, não podendo este último ser utilizado para justificar uma infração às normas que dispõem sobre o isolamento social.


Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Conselho Nacional de Saúde. Recomendação n. 27 de 2020. Brasília, DF: Presidente do Conselho Nacional de Saúde. Disponível em: http://conselho.saude.gov.br/recomendacoes-cns/1132-recomendacao-n-027-de-22-de-abril-de-2020

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, DF: Presidência da República, 2020. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm

BRASIL. Decreto Legislativo n. 6 de 2020. Brasília, DF: Presidência da República, 2020. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/portaria/DLG6-2020.htm

CARDOSO, Milena. A fragilidade da liberdade de locomoção em tempos de pandemia. 2020. Disponível em: https://jus.com.br/artigos/80687/a-fragilidade-da-liberdade-de-locomocao-em-temposdepandemia#:~:text=A%20liberdade%20de%20locomo%C3%A7%C3%A3o%20dentro,termos%20da%20lei%2C%20nele%20entrar%2C. Acesso em: 06 set. 2020.

Casado Filho, Napoleão. Direitos humanos e fundamentais/Napoleão Casado Filho. - São Paulo: Saraiva, 2012. - (Coleção saberes do direito; 57)

FERNANDES, Cláudio. Magna Carta de 1215: a magna carta de 1215, assinada pelo rei inglês joão sem terra, é considerada um dos documentos jurídicos mais importantes da história.Disponível em: http://novo.more.ufsc.br/homepage/inserir_homepage. Acesso em: 08 set. 2020.

FERREIRA, André; MORIBE, Camila Misko. Tempos de pandemia e o direito constitucional de ir e vir. 2020. Disponível em: https://migalhas.uol.com.br/depeso/325170/tempos-de-pandemiaeo-direito-constitucional-de-irevir. Acesso em: 08 set. 2020.

KONCIKOSKI, Marcos Antonio. Princípio da proporcionalidade. 2012. Disponível em: https://ambitojuridico.com.br/cadernos/direito-constitucional/principio-da-proporcionalidade/. Acesso em: 07 set. 2020.

MAYA, William Carmona. O direito à vida e à saúde previstos na Constituição Federal. 2020. Disponível em: https://migalhas.uol.com.br/depeso/147063/o-direito-a-vida-e-a-saude-previstos-na-constituicao-federal. Acesso em: 08 set. 2020.

MELLO, Cecilia; GERVITZ, Luiza; FERREIRA, Maria Amélia. Direito à saúde prevalece sobre direito de ir e vir em tempos de Covid-19. 2020. Disponível em: https://www.conjur.com.br/2020-abr-22/opiniao-direito-saude-prevalece-ir-vir. Acesso em: 07 set. 2020.

MENDES, Gilmar Ferreira. Direitos fundamentais e controle de constitucionalidade: estudos de direito constitucional (Série EDB)/Gilmar Ferreira Mendes - 4.ed.rev.e ampl. - São Paulo: Saraiva, 2012.

PIMENTA, Cleusa Cordeiro da Mata. Neoconstitucionalismo. 2018. Disponível em: https://ambitojuridico.com.br/cadernos/direitoconstitucional/neoconstitucionalismo/#:~:text=Com%20o%20neoconstitucionalismo%20a%20ideia,de%20car%C3%A1ter%20imperioso%2C%20superior%20e. Acesso em: 09 set. 2020.

SANTOS, Bruna Luisa. Direito de ir e vir - liberdade de locomoção. 2013. Disponível em: https://brunaluisa.jusbrasil.com.br/artigos/112114831/direito-de-ir-e-vir-liberdade-de locomocao. Acesso em: 06 set. 2020.




DOI: https://doi.org/10.21207/2675-0104.2020.1158

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista de Iniciação Científica e Extensão da Faculdade de Direito de Franca

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

http://www.abecbrasil.org.br

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-Compartilha Igual 4.0 Internacional.