A DENÚNCIA GENÉRICA E A RESPONSABILIDADE PENAL DOS ADMINISTRADORES EM DELITOS ECONÔMICOS

Eric Felipe Sabadini NAKAHARA

Resumo


A criminalidade econômica desenvolveu-se paralelamente ao aumento de complexidade das sociedades modernas, principalmente, por conta da intensa integração entre mercados e economias decorrente da globalização. Caracterizada pela sofisticação e organização, a criminalidade econômica alcança, quase sempre, impacto internacional, afetando inúmeros países e indivíduos. O direito, portanto, passou a reconhecer novos bens jurídicos, denominados como difusos e coletivos, por conta da indeterminação do número de vítimas afetadas por esses delitos. Com o objetivo de evitar e punir adequadamente essa forma de comportamento criminoso, o Direito Penal expandiu-se, flexibilizando seus princípios, reinterpretando sua dogmática clássica, tendendo a ser cada vez menos garantista. Nesse contexto, a estrutura complexa das corporações modernas dificulta a identificação da autoria criminosa o que pode resultar na aplicação de denúncias genéricas, ou seja, que não individualizam as condutas dos acusados. O objetivo deste trabalho é demonstrar que adotar e permitir tal formato de peça acusatória permite ações penais sem justa causa e trazem à tona a responsabilidade penal objetiva, violando de forma literal o Código de Processo Penal e a Constituição Federal.


Palavras-chave


Direito Penal Econômico; Requisitos da denúncia; Imputação penal.

Texto completo:

PDF

Referências


BECK, Ulrich. Sociedade de risco: rumo a uma outra modernidade. São Paulo: Ed. 34, 2011.

BECK, Ulrich. O que é globalização? Equívocos do globalismo, respostas à globalização. São Paulo: Editora Paz e Terra, 1999.

DE GRANDIS, Rodrigo. A responsabilidade penal dos dirigentes nos delitos empresariais. In: Inovações no direito penal econômico: contribuições criminológicas, político-criminais e dogmáticas / Organizador: Artur de Brito Gueiros Souza – Brasília: Escola Superior do Ministério Público da União, 2011.

OLIVEIRA, William T. [et al] (orgs.). Direito Penal Econômico: Estudos em homenagem aos 75 anos do Professor Klaus Tiedemann. São Paulo: LiberArs, 2013.

SILVA SÁNCHEZ, Jesús-Maria. A expansão do Direito Penal. Aspectos da política criminal nas sociedades pós-industriais. 3ª ed. São Paulo: Revista dos Tribunais. 2013.

SILVEIRA, Renato de Mello Jorge; SAAD-DINIZ, Eduardo. Compliance, Direito Penal e lei anticorrupção. 1. ed. São Paulo: Saraiva

TIEDEMANN, Klaus. Manual de Derecho penal económico. Parte General y Especial. Valência: Editorial Tirant Lo Blanch, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista de Iniciação Científica e Extensão da Faculdade de Direito de Franca

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

http://www.abecbrasil.org.br

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-Compartilha Igual 4.0 Internacional.